fbpx

O que é Gestão de Recursos Humanos?

Gestão de Recursos Humanos, Gestão de Pessoas ou Administração de Recursos Humanos é a aplicação de um conjunto de conhecimentos e técnicas administrativas especializadas no gerenciamento das relações das pessoas com as organizações, com o objetivo de atingir os objetivos organizacionais, bem como proporcionar a satisfação e a realização das pessoas envolvidas.

O que estuda um Gestor de Recursos Humanos?

 Gestão de RH, Administração de RH ou Gestão de Pessoas são alguns dos nomes dados ao curso de Recursos Humanos. Embora seja apenas de quatro períodos, a grade curricular é extensa. Alguns conhecimentos de Administração, Direito e Psicologia são aprendidos durante o Superior Tecnológico. Tais como:

  • Recrutamento e Seleção;
  • Treinamento e Desenvolvimento;
  • Gestão de Folha de Pagamento;
  • Gestão de Benefícios;
  • Comunicação Empresarial (Comunicação Interna ou Endomarketing);
  • Administração de Cargos, Salários e Benefícios;
  • Comportamento Organizacional;
  • Noções de Direito;
  • Direito do Trabalho;
  • Direito Empresarial;
  • Educação Corporativa;
  • Empreendedorismo;
  • Ética e Relações Humanas no Trabalho;
  • Gestão de Desempenho;
  • Gestão de Pessoas;
  • Gestão do Conhecimento;
  • Matemática Financeira;
  • Processos Gerenciais;
  • Relações Sindicais e Negociações Trabalhistas;
  • Responsabilidade e Social e Meio Ambiente;
  • Saúde e Segurança do Trabalho;
  • Técnicas de Administração de Pessoal;
  • Técnicas de Negociação;
  • Gestão do Conhecimento;
  • Registro de Pessoal;
  • Trabalho de Conclusão de Curso.

O que faz um Gestor de Recursos Humanos?

O papel desenvolvido pelos gestores de recursos humanos nas organizações tem ganhado relevância na definição de estratégias, implementação de melhorias, desenvolvimento de talentos e geração de resultados. Eles têm função primordial dentro dessa estrutura organizacional e abrem caminhos para a valorização do capital humano das organizações. A partir da atuação dos gerentes de RH, recursos humanos, a gestão de pessoas tem sido um diferencial capaz de fazer organizações bem-sucedidas pelo aporte de capital intelectual e humano que elas possuem.

Longe de serem apenas os profissionais que têm a única missão de promover a contratação de profissionais e demitir colaboradores, obedecendo a leis trabalhistas. Com o tempo, estas se tornaram apenas algumas, das muitas funções exercidas, pelos gerentes de RH. Não por acaso, são notórias as mudanças e evoluções nos processos gerenciais das empresas, que cada vez mais, entendem a importância da valorização das pessoas dentro de suas lógicas organizacionais.

Conhecimentos de um Gestor de Recursos Humanos?

Não importa a área da empresa em que você atua, pois se você ocupa um cargo gerencial saiba que 70% do clima organizacional é sua responsabilidade. E, para que você se saia bem no cargo de Gerente, é necessário possuir alguns conhecimentos que podem levá-lo ao sucesso:

– Conhecimentos Técnicos: São conhecimentos específicos para que o Gerente possa utilizar métodos, técnicas e equipamentos necessários à realização de determinadas tarefas. Esses conhecimentos técnicos poderão ser adquiridos através da sua experiência, educação e / ou treinamento.

– Conhecimentos Interpessoais: Engloba conhecimentos e habilidades para comunicar, negociar, decidir, liderar, motivar, delegar, avaliar e treinar seus colaboradores.

– Conhecimentos Administrativos: Envolvem conhecimentos para planejar, organizar, coordenar e controlar as atividades, as pessoas e os recursos produtivos.

– Conhecimentos Organizacionais: Envolve habilidades e conhecimentos para que o gestor compreenda a complexidade da organização, seus aspectos estruturais, a filosofia, missão, valores, cultura, estilo de gestão e o ajustamento dos colaboradores a empresa, tentando conciliar os objetivos individuais aos objetivos organizacionais.

– Conhecimentos Estratégicos: Referem-se ás condições para fazer funcionar a área pela qual o Gerente responde dentro de uma perspectiva de curto, médio e longo prazo.

Possuindo esses conhecimentos o Gestor será capaz de aplicar conceitos de forma a combinar as quatro áreas já descritas anteriormente, considerando os projetos econômicos e sociais da empresa a realidade do negócio, às exigências da conjuntura e estratégias para o futuro.

Carreira de um Gestor de Recursos Humanos

A entrada da geração Y no mercado de trabalho transformou completamente a forma com que as empresas lidam com seus colaboradores. Isso porque os novos profissionais têm um perfil mais dinâmico, criativo e destemido, buscando aperfeiçoamento contínuo e rápido crescimento na carreira. Diante disso, as empresas se veem cada vez mais impelidas a investir em novas maneiras de se relacionarem com seus colaboradores, fomentando o espírito de liderança e a autonomia. A carreira em RH é ideal para quem gosta de lidar com desafios — afinal de contas, é exatamente essa a função do departamento pessoal dentro da empresa. Mas não pense que a função dos gestores de Recursos Humanos é apenas resolver problemas em momentos de adversidade. O dia a dia de um profissional de Recursos Humanos envolve superar obstáculos e conflitos, sempre buscando soluções viáveis do ponto de vista empresarial e humano. Esses profissionais têm função estratégica, atuado diretamente na manutenção do clima organizacional e da motivação dos times. São eles que garantem mais produtividade e bons resultados para o negócio, sem deixar de lado o bem-estar dos colaboradores.

Objetivos da Gestão de Recursos Humanos

A Gestão de Pessoas é um conjunto de habilidades, métodos, políticas e práticas que têm como objetivo administrar o comportamento e fortalecer o capital humano dentro das organizações. Este departamento tem como função a disseminação da cultura organizacional e, portanto, deve conhecer todos os processos internos e mecanismos que fazem a empresa funcionar, de forma plena e a gerar resultados extraordinários, através das pessoas que fazem parte dos negócios.

A Gestão de Pessoas trabalha a capacitação, envolvimento e desenvolvimento dos funcionários de uma empresa. Esta área, por excelência, tem a função de humanizar os processos organizacionais, bem como as empresas de maneira geral.

Também conhecida como Administração de Recursos Humanos, um dos principais objetivos da Gestão de Pessoas é encontrar e colocar em prática, dentro das empresas, mecanismos e estratégias de valorização dos profissionais. Além disso, grande parte das ações desta área tem como função trabalhar na formação dos colaboradores, com o intuito de proporcionar o crescimento da organização e também da carreira destes próprios colaboradores.

Características de um Gestor de Recursos Humanos

A gestão de recursos humanos é responsável pelo planejamento e acompanhamento dos diferentes processos de recrutamento e seleção de profissionais para uma empresa, bem como pela análise e desenvolvimento dos salários e benefícios para os cargos da organização, entre outras ocorrências do gênero. Por isso, é extremamente relevante para a produtividade que se deseja para a empresa e para que a equipe se sinta respeitada e recompensada.

Boa comunicação – O gestor de RH não só deve se fazer compreendido entre os colaboradores, mas também deve facilitar o entrosamento no ambiente laboral, de modo a promover a alta operacionalidade da equipe. As informações, instruções e feedbacks têm que ser oferecidos de plano, ao passo que os ruídos e falhas comunicativas precisam ser diminuídas.

ProatividadeQuem está no comando dos recursos humanos não só deve se mostrar alinhado aos objetivos e missão que a emprese se propõe seguir, mas tem que se engajar para fazer o grupo crescer. Ele não vai ficar esperando as coisas acontecerem, mas agir para fazer os resultados surgirem e tomar as decisões necessárias para solucionar problemas.

Organização – Este profissional vai lidar com muitas atividades e avaliações de resultado simultaneamente e, portanto, deve ser capaz de administrar apropriadamente seu tempo, a fim de que dê conta de tudo o que tem para cumprir. Sua visão tem que ser ampla, de modo que visualize todos os projetos em andamento, controle os afazeres e tenha acesso às informações necessárias. Além disso, uma boa organização vai lhe permitir que delegue tarefas com eficiência e reporte tudo o que for necessário aos seus superiores.

Persuasão – É importante que o gestor de RH seja capaz de tomar a frente nas negociações e na resolução de conflitos com eficiência. Ele tem papel fundamental na construção de boas relações e apoio para os funcionários.

Liderança – O gestor de RH precisa conduzir a equipe de maneira ótima, sabendo como desenvolver muito mais suas capacidades e motivação, bem como lhes estimulando a inovação. Deve identificar os pontos fortes dos talentos que o rodeia e impulsioná-los, tanto quanto desenvolver aqueles pontos fracos nos colaboradores, fazendo-os mais participativos e eficientes.

Capacidade para trabalhar sob pressão – Esse é um cargo que deve muitas vezes tomar decisões rápidas e de grande responsabilidade para os negócios. Sem falar que gerenciar pessoas demanda a intermediação de conflitos entre grupos e funcionários e o monitoramento de tarefas complexas nas organizações.

Visão estratégica – O gestor de RH tem que saber equilibrar as demandas da empresa, a valorização e retenção de talentos, os custos envolvidos em cada decisão, e muitos outros aspectos que geram impactos dentro da organização. Portanto, ele tem que conhecer a fundo não só o empreendimento e a atividade que satisfaz, mas também o mercado, antecipando cenários futuros para assegurar as melhores soluções.

As empresas, sobretudo as que apresentam equipes mais volumosas, dependem bastante dos bons gestores de RH. São eles que vão desenvolver os talentos da organização e integrá-los aos objetivos e metas planejados.

Mercado de trabalho do Gestor de Recursos Humanos

O mercado para Recursos Humanos prioriza profissionais com características mais analíticas e exige que os candidatos sejam capazes de fazer um bom planejamento financeiro, além de dominar a gestão de remunerações e benefícios de forma consistente.

No momento, o mercado está em alta para quem se especializa em Recursos Humanos, com grande demanda por profissionais qualificados e com conhecimento sobre remuneração e benefícios. As áreas mais procuradas são seleção e recrutamento, treinamento e desenvolvimento, devido à rotatividade dos trabalhadores, à sazonalidade do mercado e à concorrência entre empresas.

Há oportunidades nos mais diversos setores de micro, pequenas, médias e grandes empresas, assim como em escritórios de consultoria. Outro campo em evidência é o de gestão de pessoal, pois cada vez mais as empresas se esforçam para manter seus funcionários. Com esse propósito, passam a oferecer benefícios e promover ações voltadas para o bem-estar.

Áreas de atuação de um Gestor de Recursos Humanos

– Recrutamento e Seleção

– Analista de Recursos Humanos

– Analista de cargos e salários

– Analista de desenvolvimento humano

– Analista de benefícios

– Técnico de segurança do trabalho

– Gerente de RH

– Diretor de RH

Quanto ganha um Gestor de Recursos Humanos?

No cargo de Gestor de Recursos Humanos se inicia ganhando R$ 2.611,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 6.287,00. A média salarial para Gestor de Recursos Humanos no Brasil é de R$ 3.801,00. A formação mais comum é de Graduação em Psicologia.

precisa de ajuda?