fbpx

ATIVIDADES PRÁTICAS

As práticas estão asseguradas em todos os cursos propostos pela Faculdade do Comércio de São Paulo (FAC-SP), seja por meio do oferecimento de atividades laboratoriais, do Estágio Curricular Obrigatório, das Atividades Complementares, do Trabalho de Conclusão de Curso e/ou por meio de convênios que firmados como forma de assegurar a qualidade dos cursos e da formação de seus futuros egressos.

Professores designados pela Faculdade são responsáveis por realizar o acompanhamento e orientação das atividades a serem desenvolvidas nas práticas. A Faculdade também destina espaços físicos próprios de acordo com a especificidade dos cursos propostos.

 

ATIVIDADES COMPLEMENTARES

As atividades complementares permeiam todos os currículos dos cursos, dando-lhes maior flexibilidade no trato dos mais diversos temas e assuntos voltados para a promoção da interdisciplinaridade. Elas são caracterizadas como seminários, palestras, mesas redondas e debates, dentre muitas outras formas que colaboram para o enriquecimento dos currículos dos cursos e contemplam o perfil traçado do profissional.

É favorável aos alunos uma participação ativa em atividades extracurriculares que complementem seu conhecimento e o ajudem a construí-lo de uma forma mais eclética e criativa, a partir de um estreitamento das relações com os conteúdos das disciplinas cursadas, com outros que ainda não foram estudados nos currículos e inclusive com assuntos emergentes nas áreas de atuação da FAC-SP, assuntos esses que merecem ser abordados e debatidos com profissionais, empresários, professores, sindicatos, associações e outros.

Esse exercício de participação permite ao aluno ir aprendendo a se expressar nos eventos, com apresentação de trabalhos ou outros tipos de intervenções, assim como lhe proporciona maior envolvimento e estreitamento das relações com alunos de outros períodos, o que contribui para a harmonia e coesão do corpo discente.

A formação do aluno, nesse sentido, não fica restrita à sala de aula, com atividades estanques, mas permite ao aluno que ele interaja criativamente com outros contextos e ajuda a desenvolver habilidades que podem contribuir para a formação do seu perfil profissional.

As atividades complementares são desenvolvidas em três níveis: a) como instrumento de integração e conhecimento do aluno à realidade social, econômica e do trabalho de sua área/curso; b) como instrumento de iniciação científica e sua articulação com o ensino; c) e como instrumento de iniciação profissional.

É de competência do colegiado de curso normatizar a distribuição da carga horária das atividades complementares ao longo do tempo de integralização curricular, em coerência com as diretrizes estabelecidas pela FAC-SP e pelo MEC. As atividades complementares serão computadas no sistema de horas, para efeito de integralização do total previsto para o curso.

As atividades complementares estão previstas nos Projetos Pedagógicos dos cursos e as modalidades admitidas são divulgadas pela direção e coordenações de cursos, a fim de permitir a livre escolha do aluno.

 

FALE COM A GENTE POR WHATSAPP! whatsapp